Histórico

E-mail Print PDF

Por trás de cada empresa há identidade de um empreendedor. Com Badiu essa identidade já começa com o nome.


Badiu é uma identidade cultural e regional de uma parcela da população cabo-verdiana. Cabo Verde é um país africano situado na costa ocidental do continente africano. A sua população  se originou da mestiçagem das várias identidades africanas e européias durante o processo de colonização. De modo geral, a parcela da população que herdou os traços da identidade africana é denominada badiu. A outra parcela, que herdou os traços ocidentais, é chamada de sampadxudo. Essa classificação também contempla critérios regionais.

Lino Vaz Moniz é um cabo-verdiano, um badiu sonhador e apaixonado pela engenharia. Sonhou em fazer algo de grandeza desde a infância . A paixão pela tecnologia era visível na adolescência. Reunia sucatas para fazer carro. Entrava na oficina do Kiki, um irmão mais velho, e o observava atentamente no conserto de relógios eletrônicos e rádio. Aos 12 anos montou sua oficina de conserto do relógio eletrônico. Prestava serviço à vizinhança do Pensamento, o bairro em que morava na cidade de Praia.

Durantes os estudos secundários, no Liceu Domingos Ramos, descobriu uma outra paixão. A matemática, com os professores  Silvino e Craveiro. 

Em 1996 o Jovem sonhador veio ao Brasil para estudar Ciência Política na Universidade de Brasília. Mesmo cursando Ciência Política, estudou computação como autodidata. Procurou sempre se aproximar de conterrâneos como Rachid Antunes (Rá) e José Fidalga (Djosa), que cursavam  áreas exatas, para trocar idéias sobre computação.

Em 2000 iniciou sua primeira experiência no mercado de trabalho fazendo estágio na ANDI -Agência de Notícias do Direito da Infância CEAD - Centro de Educação a Distância da Universidade de Brasília . Durante a prática de estágio, desenvolveu softwares para ambiente web com utilidade prática.  Essa experiência  foi decisiva para perceber que toda lógica matemática estudada no Liceu com os professores  Silvino e Craveiro poderia ser aplicada no desenvolvimento de software.

Uma outra experiência marcante foi a construção do um olhar social sobre a tecnologia. Ocorreu no curso de mestrado em Tecnologia Educacional,  de 2002 a 2004, na Faculdade de Educação da Universidade de Brasília sob orientação da professora Raquel Moraes .

Com toda a experiência acumulada no ramo de tecnologia, o sonho  carregado desde a infância,  começou  a enxergar uma oportunidade concreta de criar uma empresa, oferecendo soluções de tecnologia de informação para Internet. Desde 2000, essa idéia vem ganhando força.

De  2000 a 2008, o projeto de empresa Badiu vem sendo construído com base na prestação de serviços como autônomo, oferecendo soluções de software em contabilidade gerencial e cobrança eletrônica (Boleto Bancário). Além disso, outra experiência acumulada foi no ramo de  Tecnologia Educacional ao atuar como docente na FACEB - Faculdade Cenecista de Brasília,  lecionando disciplinas sobre teorias e práticas pedagógicas voltadas para o uso do ambiente  Moodle.

Toda essa experiência foi sistematiza em um plano de negócio que visa criar soluções de gerenciamento da Plataforma Moodle. Este foi aprovado no programa de incubação de empresa no CDT- Centro de Desenvolvimento Tecnológico da Universidade de Brasília . Em fevereiro de 2008 Badiu entrou no programa de Hotel de Projetos da Incubadora. Depois ingressou no programa incubadora de empresa. No final de 2011 se tornou uma empresa graduada pelo CDT.


Toda essa trajetória será transformada em uma cultura organizacional com a missão de tornar o sonho de grandeza uma realidade, contribuindo para o progresso social e oferecendo soluções tecnológicas para a era da convivência em rede.